quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Introduzindo... contos de fadas...!

Foi numa tarde qualquer em meio a um daqueles jogos de tabuleiros, que uma amiga muito especial - irmã de uma amiga também muito especial, e amiga da minha irmã que é tão especial quanto... - e eu começamos a inventar estórias, sentadas no tapete da sala que, segundo dizem, é lugar de criança... (e também bichinhos de estimação, mas isso não vem ao caso...).


Começava assim a rodada do "era uma vez", onde uma de nós começava a contar um causo qualquer e a outra dava continuidade, e assim íamos, sempre intercalando...

Talvez eu estivesse malvada ou moralista demais naquele tarde - tentei de qualquer forma estabelecer finais não muito convencionais a contos de fadas, onde os personagens não estavam de todo contentes, mas nem por isso assim tão infelizes, ora... (eu só queria que eles aprendessem a lição, sabe?...)

Mas aquela tarde-quase-noite não era de malvadeza ou moralismo excessivo: era a tarde-quase-noite da luta incessante pelo 'felizes para sempre'...

E minha amiga lutou bravamente para conquistar o final feliz para cada história - até fez surgir, em um dos contos que postarei a seguir, um duende super-hiper poderoso cujo feitiços não podiam ser desfeitos (ou confundidos com sonhos) por nada nesse mundo...!

Ao final da brincadeira - que durou menos de uma hora -, tínhamos em nossas mãos... ou melhor, em nossas lembranças fresquinhas, três contos que, por mais simples que fossem, não vi possibilidade de serem esquecidos.

Foi aí que tive a ideia de redigi-los e postá-los aqui no blog, pra que todo mundo pudesse ler a apreciar uma arte que a gente fez brincando.

Bem, faz um tempinho já que tive essa ideia, e um tempinho também que as estórias estão redigidas e prontas para serem postadas...

Só tava faltando um post de introdução, que demorei demais para elaborar, diga-se de passagem...

Mas enfim, finalmente está pronto, e sem mais delongas, apresento-lhes...


Por Mariana Oliveira e Michelle Bezerra.

1 comentários:

Warlei Rodrigues Antunes disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.

Postar um comentário