quinta-feira, 10 de junho de 2010

Artigo - Moda

Moda. Mundo fashion. Uma visualização completa se materializa diante dos olhos de qualquer um ao som dessa palavra. E surge ainda um complemento soturno no ar – glamour. A moda estende-se por um caminho sempre inconstante. Uma outra palavra para completar o termo seria tendência, e uma nova esgueira-se pelas brechas da porta que se abre para o mundo. Moda é uma ferramenta versátil e expressionista - poderia eu dizer mais? Sim, poderia. Porém, limito-me ao sucinto numa descrição para seguir adiante sem embromação.


É de acordo geral que a moda é uma coisa linda. Todavia, é igualmente presumível que é necessário dispor de certo nível de poder aquisitivo para ser seu súdito fanático – na medida do saudável, é claro. Qual seria então a solução para um guarda-roupa glamuroso e fashion de forma econômica e agradável? Seria a moda sustentável – continua-se com o glamour, porém adota-se o ecofashion. Felicidade abundante ergue-se nos ombros da população! Mas não pense que é apenas por enfim poder andar “na moda” por aí – não nos julgue tão fúteis assim -, pois enfim o mundo vai entrar na moda também!


A moda sustentável baseia-se no conceito de diminuir a exploração da nossa já escassa fonte-mãe – a Terra. A matéria-prima utilizada pelas grifes na produção de suas roupas proverá de material reciclado – como, por exemplo, garrafas PET, que são convertidas em tecido para a fabricação das peças. Desse modo, pretende-se amenizar a extração de matéria-prima da natureza e os reflexos de tal ato. Além dos benefícios para o planeta – que ainda não exclama felicitado “obrigado, obrigado!”, mas já nos dirige um sorriso acalorado -, trará mais lucro para os fabricantes e para os consumidores de diversas formas. A moda sustentável será tendência no próximo verão. Uma forma consciente de seguir a moda a finco e com estilo.

Pois é... Unir o útil ao agradável nunca sairá de moda – para sempre na estrada, tanto quanto o jeans ou tênis All Star!



PS.: Trabalho de português da escola. Gostei muito de fazer, pois é mais ou menos o que farei futuramente depois da faculdade de jornalismo que pretendo cursar... escrever artigos para revistas e jornais!